Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arautos do Estendal

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Arautos do Estendal

27
Jun07

Sejam felizes 2

pickwick

Post: Os guinchos da Lulu

Comentador: Iuri

Mensagem: Registei a ligeireza com que descreve “apupos à ministra feitos por alunos e professores”..e não estranhei a atitude. Aliás o que é de estranhar é como professores, com licenciaturas, têm comportamentos arruaceiros e ordinários para com a ministra. Depois, aqui d'el rei, que os alunos não têm educação para com os ditos professores, mandando-os, no mínimo, para o cara... É obvio e é coerente. É o que eles vêm os seus “educadores” fazerem à ministra! Vc deve ser daquelas «colegas» que detestam a ministra, porque sim ou porque é moda, ou porque os camaradas dos sindicatos mandam, ou então nem é professora e não percebo pq fala do que não sabe. Peço-lhe... antes de falar ou escrever pense e, já agora, aplique as críticas que fez à ministra por não se saber comportar, aos professores que a vaiaram e insultaram. Ou para si esses comportamentos de esgoto, já são permitidos? Vou por o seu blogue no meu. Mas na secção de “blogues de lixo”. Fique bem.

Resposta: Caro ex-leitor, li com atenção a sua mensagem e a sua lição de moral. Se o faz mais feliz, posso admitir que sou daqueles que detestam a ministra, e até posso deixar-lhe escolher se a detesto porque sim ou porque é moda ou porque tem um penteado piroso. Se o faz mais feliz, até posso ser mulher, já que na sua mensagem pressupõe isso, embora deixe algumas reservas nesta encarnação. Grato fico, sim, por colocar o nosso blog no seu. Mesmo sendo na secção “blogues de lixo”, vou tomar isso como um rasgado elogio. Para sua felicidade. Abraço (ou beijinho, se preferir que eu seja uma mulher, embora a ideia não me agrade muito).

 

Post: Pele ao léu

Comentador: Desconhecida

Mensagem: é em momentos como estes que eu gaja, quase quarentona, me sinto feliz por estar permanentemente rodeada de gajos...

Resposta: Querida desconhecida, folgo sabê-la a transbordar de felicidade por estar permanentemente rodeada de gajos. Interrogo-me sobre a sua profissão. Será mecânica de automóveis? Oficial dos pára-quedistas? Operadora de baldes de massa? Domadora de cavalos? A sua felicidade é tanta como a minha (excepto se a sua profissão for operadora de baldes de massa), que trabalho rodeado de infinitas mulheres. Beijinho.

  

Post: Chouriça de azeite

Comentador: Rebeca

Mensagem: Nomeei o seu blog para "Blogs com tomate" (…)

Resposta: Querida Rebeca, foi com um grande prazer que vi o nosso blog nomeado para uma tomatada. Deve ser para acompanhar a próxima chouriça de azeite que as minhas colegas tentem assar na brasa, não? Arroz de tomate vai bem com sardinha assada, mas também marcha ao lado do chouriço. No entanto, estranho a inclusão. Estive a rever algumas leituras e não encontro ponte entre o nosso blog e um tomate. Quando muito, haveria algures uma grande ponte entre o nosso blog e dois tomates. Mas, com apenas um, não estou a ver. Como queremos a sua felicidade, aceitamos a nomeação, e ficamos a morrer de ansiedade por saber quem vão ser os galardoados. Beijinho.

 

Post: Cabelos e penteados

Comentador: arpya

Mensagem: Sou mulher e só há cerca de um ano descobri um sítio onde cortam o cabelo mesmo como eu gosto. Nada como um cabelo com algumas nuances, macio, fulgurante e de fácil manutenção.

Resposta: Querida Arpya, ainda bem que, há um ano, descobriu uma maneira de ser feliz. O cabeleireiro deve ser um moço jovem e vigoroso, que lhe massaja o cabelo e o pescoço e os ombros e lhe deita uns pós afrodisíacos. Será? Talvez queira partilhar essa felicidade, enviando-nos uma foto que exprima, melhor que mil palavras, o motivo dessa felicidade imensa. De caminho, podemos inteirar-nos do que é um cabelo com nuances (serão molas?), macio (embebido em caramelo derretido, qualquer cabelo fica macio), fulgurante (tem fulgas?) e da fácil manutenção. Sobre este último aspecto, vejo-me obrigado a informá-la de que a facilidade de manutenção do cabelo é inversamente proporcional ao seu comprimento, daí que, se quer mesmo fácil, fácil, fácil, aplique pente zero. Isso mesmo. Pente zero, o caminho para a sua felicidade: com nuances, derivadas de cicatrizes de infância e uma passagem menos certeira da máquina; macio, tão macio que quase nem se vê; fulgurante como… como… como um ovo estrelado; e de manutenção nula. Beijinho. pickwick

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.