Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
procurar na gaveta
 
roupa no estendal

A flash of lightning…

Second chance date

Um cheirinho à noite

Uma questão de espírito.....

Novas teorias dos incêndi...

No espírito da gazela

Combinação imperfeita

A mulher da minha vida

Os pernis desequilibrista...

A fuga

O estado da barriguinha

Banho de leggings

Deslumbramentos

A mulher de laranja

Mistérios do Corpo Femini...

roupa famosa

Teoria do Caos

O spiderman fez-me chorar...

Contadores de Anedotas

Quiche Lorraine

É na boa

Dez coisas que hoje me irritaram...

A Síndrome de Arlete

Generation Buraca

Feel like doin' it?

roupa na gaveta

Março 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004


escreve-nos! já!

arautosdoestendal@gmail

3 dabliús
tags no estendal

todas as tags

Quinta-feira, 17 de Junho de 2004
Bonito

Ouvir

Bonito, todo me parece bonito.

Bonita mañana, bonito lugar,
bonita la cama, qué bien se ve el mar,
bonito es el dia, y acaba de empezar,
bonita la vida, respira, respira, respira.

El teléfono suena, mi pana se queja,
la cosa va mal, la vida te pesa,
que vivir así no le interesa,
que seguir así no vale la pena.
Se perdió el amor, se acabó la fiesta,
ya no anda el motor que empuja la tierra,
la vida es un chiste con triste final,
el futuro no existe pero yo le digo...

Bonito, todo me parece bonito.

Bonita la paz, bonita la vida,
bonito volver a nacer cada día,
bonita la verdad cuando no suena a mentira,
bonita la amistad, bonita la risa.
Bonita la gente cuando hay calidad,
bonita la gente que no se arrepiente,
que gana y que pierde, que habla y no miente,
bonita la gente por eso yo digo...

Bonito, todo me parece bonito.

Qué bonito que te va cuando te va bonito, qué bonito que te va.

Bonito, todo me parece bonito.
La mar, la mañana, la casa, la samba,
la tierra, la paz y la vida que pasa.
Bonito, todo me parece bonito.
Tu cama, tu salsa, la mancha en la espalda,
tu cara, tus ganas el fin de semana.

Bonita la gente que viene y que va,
bonita la gente que no se detiene,
bonita la gente que no tiene edad,
que escucha, que entiende, que tiene y que da.

Bonito Portet, bonito Peret,
bonita la rumba, bonito José,
bonita la brisa que no tiene prisa,
bonito este día, respira, respira.
Bonita la gente cuando es de verdad,
bonita la gente que es diferente,
que tiembla, que siente,
que vive el presente,
bonita la gente que estuvo y no está.

Bonito, todo me parece bonito.

Qué bonito que te va cuando te va bonito,
qué bonito que te va.
Qué bonito que se está cuando se está bonito,
qué bonito que se está.

Bonito, todo me parece bonito.

Letra e música: Jarabe de Palo

Ouvir

riverfl0w

tags no estendal: ,
publicado por riverfl0w às 23:55
link | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres