Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Arautos do Estendal

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Arautos do Estendal

04
Dez12

Uma voltinha de mota

pickwick

A colega que me apalpou o braço, continua imparável. Para além de passar a vida a mandar-me SMS com conteúdos despropositados, como “bom fim-de-semana” ou “foste embora e nem te vi”, agora manda-me SMS a pedir para a levar a dar uma voltinha na mota. Será que um dia destes tenho que lhe explicar que é casada e mãe de filhos, e que eu não fico seduzido com a ideia de a ter colada às minhas costas em cima de duas rodas? Ainda me furava as omoplatas com aqueles seus mamilos sempre em pé! Credo! Não, não!... pickwick

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.