Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Arautos do Estendal

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Ela, do alto das suas esbeltas e intrigantes pernas, veio caminhando quintal abaixo até ao estendal, dependurando a toalha onde, minutos antes, tinha limpo as últimas gotas de água. O Arauto viu, porque o Arauto estava lá. E tocou a trombeta.

Arautos do Estendal

25
Set09

A dentadura misteriosa

pickwick
Uma das minhas novas colegas de trabalho, que não prima pela beleza e muito menos pelas linhas corporais harmoniosas, tem uma forma invulgar de se rir. Diz uma piada, daquelas de se cair no chão e rebolar até arranhar os cotovelos, mas só abre oito milímetros de boca.
 
Presumo que tal se deve à sempre bem sucedida vontade de não mostrar a dentadura. Haverá dentes ao pendurão, capazes de saltar fora quando a abertura das beiças ultrapassar os oito milímetros? O que se esconde naquela boca? Será uma mutante, daquelas raparigas que engoliram um bidão de lixo tóxico radioactivo quando eram bebés? Será outra Orc com cobertura de Carnaval a imitar os humanos? pickwick