Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
procurar na gaveta
 
roupa no estendal

A flash of lightning…

Second chance date

Um cheirinho à noite

Uma questão de espírito.....

Novas teorias dos incêndi...

No espírito da gazela

Combinação imperfeita

A mulher da minha vida

Os pernis desequilibrista...

A fuga

O estado da barriguinha

Banho de leggings

Deslumbramentos

A mulher de laranja

Mistérios do Corpo Femini...

roupa famosa

Teoria do Caos

O spiderman fez-me chorar...

Contadores de Anedotas

Quiche Lorraine

É na boa

Dez coisas que hoje me irritaram...

A Síndrome de Arlete

Generation Buraca

Feel like doin' it?

roupa na gaveta

Março 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004


escreve-nos! já!

arautosdoestendal@gmail

3 dabliús
tags no estendal

todas as tags

Sábado, 5 de Setembro de 2009
Toda a verdade sobre o caso “Jornal Nacional”
Tenho um carinho muito especial por Manuela Moura Guedes. É o equivalente jornalístico daquela menina feia e gorda e peluda e sebosa e lerda e mal cheirosa que se passeia pelos corredores da escola completamente convencida que é a mais bonita, a mais elegante, a mais bem depilada, a menos sebosa, a mais inteligente e a mais bem cheirosa garina das redondezas.
 
Agora anda por aí nas páginas dos jornais, nos blogues, em todo o lado, à custa de uma pretensa bronca qualquer com aquele espectáculo televisivo das sextas-feiras à noite. Que e tal, arrumaram-lhe o programa na prateleira.
 
Num blogue qualquer, encontrei estas candidaturas a explicações sobre o sucedido, nomeadamente respostas para a pergunta “quem tramou a Manuela Moura Guedes?”:
 
1. O Governo e/ou o Partido Socialista pressionaram a direcção da TVI com propósitos censórios.
2. A Direcção da TVI praticou auto-censura para não desagradar ao Governo.
3. A Direcção da TVI decidiu por critérios puramente empresariais.
4. A decisão foi tomada em Madrid para favorecer o PS.
5. A decisão foi tomada em Madrid para proteger Zapatero.
6. A decisão foi tomada em Madrid para tramar José Sócrates.
7. Foi um facto político criado por adversários do PS para deixar ficar mal o Governo.
 
Porque o Arautos do Estendal também é um Arautos da Verdade Improvável, aqui fica toda a verdade sobre o caso “Jornal Nacional” da TVI:
 
- Considerando que a MMG é uma gulosa incorrigível por ver a sua imagem a bater nos olhos de todos os portugueses, incluindo os ceguinhos.
 
- Considerando que tudo o que acontece no mundo, acontece em função de interesses financeiros.
 
- Considerando que as receitas financeiras de um canal de televisão são proporcionais às audiências.
 
Conclui-se, facilmente, que:
 
a) Manuela Moura Guedes não foi tramada por ninguém, mas, antes, está conivente com tudo o que se está a passar.
 
b) O caso resume-se a um aproveitamento financeiro de uma conjectura política, em vésperas de eleições, isto é, uma oportunidade para fazer disparar as audiências, obter propaganda gratuita ao próprio canal, deixar o país entretido a tentar descobrir quem tramou quem, e ganhar rios de dinheiro com a brincadeira toda.
 
Improvável, portanto. pickwick
tags no estendal:
publicado por pickwick às 13:18
link | tocar à trombeta | favorito
1 comentário:
De Decoração Festa Menino a 2 de Novembro de 2009 às 10:30
Concordo com a tua analise.

Tudo não passou de uma distracção, e um aproveitamento politico/financeiro. Aguardamos os novos capitulos, da nova produção nacional para entreter as massas ...

tocar à trombeta