Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
procurar na gaveta
 
roupa no estendal

O triunfo dos cintos - a...

roupa famosa

Teoria do Caos

O spiderman fez-me chorar...

Contadores de Anedotas

Quiche Lorraine

É na boa

Dez coisas que hoje me irritaram...

A Síndrome de Arlete

Generation Buraca

Feel like doin' it?

roupa na gaveta

Março 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004


escreve-nos! já!

arautosdoestendal@gmail

3 dabliús
tags no estendal

todas as tags

Sábado, 5 de Fevereiro de 2011
O triunfo dos cintos - a verdadeira estória

Agora, sim. É a verdadeira estória do triunfo dos cintos!

 

Deixei Aveiro e, não querendo contribuir para o enchimento dos bolsos à máfia lusitana através do pagamento inocente de uma estúpida portagem na A25, fui por estradas esburacadas até Albergaria-a-Velha.

 

Ora, acontece que a zona de Albergaria-a-Velha está que nem um teatro de guerra. Parece o fim do mundo em cuecas! Obviamente, embora os mais distraídos não tenham dado conta, as infinitas obras nas estradas de Albergaria-a-Velha e arredores foram iniciadas com o sublime objectivo de criar uma imensa confusão e dissuadir os cidadãos com mau feitio (como eu) de usarem estradas secundárias, em vez de circularem pela A25 - pagando o devido tributo monetário à máfia.

 

A confusão é tal, que um determinado sector económico de prestação de serviços viu-se obrigado a transladar os seus profissionais da estrada nacional para a recta da zona industrial. Falo, claro, das “meninas”.

 

Passei por três. E, qual “update” do conhecimento, apercebi-me de uma evolução extraordinária ao nível do traje de serviço das “meninas”.

 

Até hoje, havia aquela graçola sobre mini-saias: ah e tal, parece é que trocou a mini-saia por um cinto largo.

 

A partir de hoje, deixou de ser uma graçola. É um facto real. As três “meninas” por quem passei, não usavam saias, nem mini-saias. Só, e apenas, cintos! É verdade! Vi, com estes olhinhos que Deus me deixou em herança! O verdadeiro triunfo dos cintos sobre as saias! Finalmente!

 

Já agora, aproveito dar o meu contributo para a sociedade da informação:

 

Caro leitor, se é simpatizante do sector económico em questão, registe que, para quem vai de Angeja para Alberbaria-a-Velha, das três “meninas” de serviço à recta da zona industrial, as duas últimas usam cintos de lantejoulas!!! pickwick

publicado por pickwick às 23:38
link | tocar à trombeta | favorito
|