Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
procurar na gaveta
 
roupa no estendal

A flash of lightning…

Second chance date

Um cheirinho à noite

Uma questão de espírito.....

Novas teorias dos incêndi...

No espírito da gazela

Combinação imperfeita

A mulher da minha vida

Os pernis desequilibrista...

A fuga

O estado da barriguinha

Banho de leggings

Deslumbramentos

A mulher de laranja

Mistérios do Corpo Femini...

roupa famosa

Teoria do Caos

O spiderman fez-me chorar...

Contadores de Anedotas

Quiche Lorraine

É na boa

Dez coisas que hoje me irritaram...

A Síndrome de Arlete

Generation Buraca

Feel like doin' it?

roupa na gaveta

Março 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004


escreve-nos! já!

arautosdoestendal@gmail

3 dabliús
tags no estendal

todas as tags

Quarta-feira, 25 de Julho de 2012
O dia do Lambrusco

Num saltinho, fui ao Pingo Doce comprar cinco garrafinhas de Lambrusco, essa pomada refrescante para aqueles momentos de maior necessidade. De regresso a casa, foi trocar as calças de ganga pelos calções de banho, atascar a mochila com a toalha de praia e as garrafas e a lanterna e os chinelos e mais meia dúzia de tarecos insignificantes. Passar pela garagem, pegar na bicicleta e atravessar a vila com o ar mais descontraído possível, passando despercebido graças ao chapéu-à-malandro e aos óculos-à-mete-nojo.

 

Normalmente, as pessoas andam de bicicleta com um máximo de dois litros de água num daqueles depósitos high-tech incorporados numa mochila muito larilas. Mas, eu, não!, tinha que ir carregado que nem uma mula a caminho do Huascarán...

 

Atravessada a vila, sete quilómetros pelo interior de uma imensidão de pinhais e antigos terrenos agrícolas. Dado o aproximar do meio-dia, tenho que reconhecer que foi uma boa escolha: por um lado, escapando ao trânsito das estradas alcatroadas; por outro, dos sete quilómetros, só uns quinhentos metros é que foram a levar com o sol nos costados, já que o resto foi sempre debaixo de uma muito confortável sombrinha.

 

E este filme todo para quê? Para chegar à piscina da colega que em tempos me apalpou o braço, local escolhido para um ajuntamento de tropas, numa singela aldeia perdida no meio de nenhures.

 

Ou seja, basicamente, um gajo chega, atesta a arca com cinco garrafas de Lambrusco e mais outras três que por lá apareceram, atira-se de mergulho para a piscina, troca duas ou três impressões com o Pedro sobre a dificuldade da vida que é estar ali naquelas condições desumanas, e aparece a anfitriã com umas minis e uma travessa cheia de empadas, pastéis de bacalhau e umas cenas a meio caminho entre um rissol e uma chamuça. Obviamente, um gajo não sai da água. Abeira-se da margem, apoia-se com os cotovelos, e serve-se: mini numa mão, salgadinho da outra. Pumba! E mais um mergulho. E mais uma mini. E mais uns salgadinhos.

 

Entretanto, chegam mais umas colegas, completamente desprevenidas para banhos, o que levantou um coro de protestos. Porque, não é justo ter-se uma piscina, dois gajos e cinco gajas, e três delas não têm equipamento. Não é justo!

 

Lá mais para a frente, houve que sacrificar o prazer e saltar fora, para grelhar uns enchidos e umas carnes, petiscar daqui e de dacolá, esvaziar metade dos Lambruscos, provar os ovinhos de codorniz, o queijinho, e coiso e tal. Uma vida muito difícil, diga-se.

 

Depois do repasto, meteu-se a conversa em dia na frescura da cave, enquanto se provavam uns licores e uns digestivos e ah e tal.

 

E, assim que tocou a sineta do fim da digestão, pumba! para dentro de água outra vez, que, lá para o final da tarde, estava um caldinho para cima de trinta graus. A sorte, é que a anfitriã mantém um frigorífico no recinto da piscina, estrategicamente abastecido de minis, para aquelas eventualidades que… ah e tal…

 

Isto é tudo pormenores insignificantes, eu sei, por isso é que começámos a ficar com a pele engelhada de tanto tempo de molho e tivemos que regressar à mesa para provar os dois quilos de camarão e acabar com o resto dos Lambruscos. Parecia uma tarde nos tempos gloriosos de Roma.

 

Entretanto, lá para as dez da noite, a malta começou a abandonar o barco. Eu esfreguei as mãos de contente por ter ido de bicicleta, o que me permitia beber sem medida, na certeza de que agente algum da autoridade estaria escondido atrás de um pinheiro, na escuridão da mata, à espera de passar um ciclista desprevenido com excesso de coiso no sangue.

 

Tirando este aspecto altamente positivo, sobrava a realidade do regresso, a cavalo da fiel bicicleta. A minha sorte, reconheço, foi ser um moço prevenido e ter levado a lanterna na mochila, porque, se fosse confiar no farol xpto da bicicleta, bem que se podia atravessar um elefante pintado de verde fluorescente no meio do trilho, que eu não dava por nada e espetava-me no meio daquelas pernas elegantes. Assim, foram sete quilómetros aos zigue-zagues, a piscar os olhos, lanterna na mão esquerda e um camarão a saltar até às goelas a cada solavanco naqueles trilhos acidentados. pickwick

publicado por pickwick às 22:33
link | tocar à trombeta | favorito
|
31 comentários:
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 14:42
A isto é o que eu chamo um dia em cheio :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 14:46
Não necessariamente saudável, mas muito relaxante... Já estava a precisar de um dia assim, para quebrar a monotonia social ;-)
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 14:54
Ora bem, se fiz bem as contas, fizeste 14km de bicicleta por isso de pouco saudável não teve nada :) Acho que pelo menos uma vez por semana se devia de "quebrar" essa monotonia.
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 14:56
Xiii...
Uma vez por semana naquela depravação gastronómica, a tortar a carcaça na piscina, a correr o risco de acertar de frente num qualquer pinheiro? Achas mesmo??? Tanto bem que me desejas... :p
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:06
Estás a ver as coisas pelo lado negativo, tens que ver as coisas pela positiva :) Passas um bom serão na companhia de bons amigos, suponho eu, faças exercício físico e ganhas uma corzinha na piscina :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:09
Tens toda a razão...
Só tenho que voltar lá e sugerir salada fria para o almoço e suminhos naturais para acompanhar... :-)
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:13
Olha isso é que era :) Consegui fazer-te mudar de ideias, foi?
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:16
O teu poder de persuasão até me deixa gago... :p
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:18
Posso-te dizer que não saia daqui até me dares razão :p
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:21
Se soubesse, tinha-me feito mais difícil de convencer... ;-)
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:27
Mas eu ia arranjar sempre mais argumentos para te conseguir convencer :) para a próxima já sabes..
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:31
Já fico informadíssimo, obrigado.
Para a próxima, a acesa discussão dará para longas horas... com jeitinho, com peixeiradas e tabefes, para animar a coisa... :D:D:D
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:37
Pronto, fica então combinado :) Vai-te preparando que eu não desisto facilmente :p
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:39
Medoooooooooo.... :-)
Não há nada melhor que uma mulher insistente... por uma boa causa, claro...
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 15:43
Só sou insistente por boas causas, dispenso as más causas :p Estás com medo? sim, realmente eu sou capaz de te fazer muito mal virtualmente :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 15:49
Fazer-me mal virtualmente? Então? És daquelas pessoas que conseguem enviar vírus misteriosos através de caixas de comentários em blogues? E depois as vítimas ficam com a digestão por fazer e com cócegas na dobra das pernas? hehehe... :p
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 16:48
Exactamente, como é que descobriste isso tudo sobre mim? :p
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 16:59
Foi fácil... encaixas perfeitamente no perfil nº34.
Mas, ainda bem, porque se encaixasses no nº28, eu já tinha apanhado uns dois ou três choques eléctricos ao clicar no "publicar comentário"...
Assim sendo, só tenho que programar as coisas para trocar comentários contigo depois da digestão feita e depois de polvilhar as dobras das pernas com pó talco, por causa das cócegas...
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 17:12
Explica-me lá isso do perfil nº34 e perfil nº28 sff :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 17:19
Bem...
Já estás a pedir muito... mas vá...
O perfil nº34 corresponde às mulheres que mandam vírus através das caixas de comentários... certo?
O perfil nº28 corresponde às mulheres que programam o computador alheio para dar choques eléctricos ao proprietário...
Mas, isto já tu sabias...
E não perguntes pelos outros perfis, que eu hoje estou com um problema sério com a numeração... :-)
Por falar em números, já acabaste os festejos pelo 15 no exame?
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 17:24
Muito obrigada pelo esclarecimento à minha dúvida e prometo que por hoje não pergunto por mais nenhum perfil :)
Os festejos continuam, afinal de contas esperei algum tempo por este momento :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 17:29
Aproveita... lá para Outubro arriscas-te a começar uma nova vida ;-) numa qualquer universidade...
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 17:39
Estou ansiosa que essa nova vida comece :) bom bom era mesmo entrar na faculdade de desporto aqui no Porto, onde eu moro :)
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 17:42
É giro ficar à porta de casa...
Eu detestaria, mas cada um é como cada qual...
Achas que depois vais ter facilidade em ter saída profissional nessa área? Não preferes antes algo mais garantido, como ciências políticas? :-)
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 17:49
Eu também não me importava de sair daqui mas é tudo por uma questão económica e para além disso a Fadeup é considerada a melhor faculdade de desporto do pais :)
Em termos de facilidades acho que não vou ter muitas, ainda por cima a minha ideia é trabalhar num clube de futebol profissional o que não vai ser nada fácil, mas pelo menos vou tentar :) para além disso eu tenho uma teoria :p
Ahahaha, devia de ser bonito eu como ministra ou algo do género!
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 17:53
Ahhhhhhhhhhhh
Já me tinhas contado essa de trabalhar num clube profissional... se é um sonho, agarra-te a ele com toda a pujança...

Tens uma teoria? Medo... sobre...?
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 18:00
Ora bem se eu não conseguir ser preparadora física num clube de futebol a minha ideia é ser personal trainer ou trabalhar num ginásio. Como eu acho que vai haver cada vez mais gente gorda ou com vontade de emagrecer acho que vou ter muito trabalho pela frente :) (eis a minha teoria).
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 18:04
Beeeeemmmmm...
É uma teoria... upa upa... :p
É uma boa teoria, vá, tenho que reconhecer...
Depois, quando acabares o curso, não te esqueças de mandar o teu cartão profissional, para o caso de querer contratar-te... hehehe...
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 18:06
E tu com medo da minha teoria :p Não me digas que vais deixar de praticar exercício físico e que vais engordar?
De pickwick a 26 de Julho de 2012 às 18:12
Não estou a pensar deixar de praticar exercício físico, nem engordar... Mas, não há nada como ser bem orientado... certo?
De cocacolagirl a 26 de Julho de 2012 às 19:28
Sim, tens toda a razão :) Podes contar comigo :)

tocar à trombeta