Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
procurar na gaveta
 
roupa no estendal

A flash of lightning…

Second chance date

Um cheirinho à noite

Uma questão de espírito.....

Novas teorias dos incêndi...

No espírito da gazela

Combinação imperfeita

A mulher da minha vida

Os pernis desequilibrista...

A fuga

O estado da barriguinha

Banho de leggings

Deslumbramentos

A mulher de laranja

Mistérios do Corpo Femini...

roupa famosa

Teoria do Caos

O spiderman fez-me chorar...

Contadores de Anedotas

Quiche Lorraine

É na boa

Dez coisas que hoje me irritaram...

A Síndrome de Arlete

Generation Buraca

Feel like doin' it?

roupa na gaveta

Março 2014

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Dezembro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Novembro 2005

Agosto 2005

Abril 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004


escreve-nos! já!

arautosdoestendal@gmail

3 dabliús
tags no estendal

todas as tags

Quarta-feira, 9 de Setembro de 2009
Os carros dos patrões

Pouco tempo depois de o ex-patrão ter sido nomeado sub-patrão, ou seja, assim lá para o início deste Verão, resolveu trocar de carro. Despachou o seu Land Rover Discovery, muito prático para quem vive numa zona rural nas fraldas da Serra da Estrela, à troca por um Volkswagen Passat, último modelo, em segunda mão, todo artilhado com as mariquices possíveis e inúteis que se podem arranjar. Faz um vistaço! Pronto, foi uma oportunidade única de negócio, blá, blá, blá, trinta mil euros.

 
Há umas três semanas, o patrão achou que também estava na altura de despachar um dos seus carros, que normalmente é conduzido pela esposa. Um carro modesto, daqueles que qualquer trabalhador da classe média consegue comprar com uma perna às costas. Dada a bonita moradia que ele tinha mandado construir há cerca de um ano, e olhando para os dois carros que tinha em casa, cada um mais modesto que o outro, pensei que ele se iria ficar por algo também modesto. Mas, sabe-se lá porquê, resolveu meter-se a trocar a lata velha por um Mercedes todo xpto, ainda a cheirar a novo, embora usado. Ele ainda andou com aquela conversa que ah e tal, Mercedes é carro de empreiteiro e não sei o quê, mas, há três dias atrás, toma lá trinta mil euros e não se fala mais nisso. Que vistaço!
 
Depois do patrão e do sub-patrão, sobra o adjunto do patrão, que escreve estas palavras. Não sei onde é que aqueles dois foram desencantar tanto dinheiro, mas, pela parte que me toca, os quinze mil euros que dei pelo meu Ford Focus a gasolina vão ter que render até 2030 e a carroçaria vai ter que marchar até aos 900 000 kms, nem que tenha que lhe meter duas mulas à frente para puxar monte acima a cada vez que atravesso o Mondego. Que vistaço! pickwick
tags no estendal: , , ,
publicado por pickwick às 19:55
link | tocar à trombeta | favorito
|